26 de janeiro de 2011

ponta d'erva

Read more...

25 de janeiro de 2011

press the button

com algumas ligeiras diferenças em relação ao tutorial

Read more...

the unveiled, between space and time II

Read more...

19 de janeiro de 2011

wallpapers



Read more...

16 de janeiro de 2011

apple series









Read more...

15 de janeiro de 2011

wind flowers


Read more...

14 de janeiro de 2011

Read more...

couve grega (um bróculo)

Read more...

7 de janeiro de 2011

warped


Desenho, por Ethel Feldman

Passei o dia à janela. Olhando de dentro para fora. Cada forma uma forma. Desenho-as mentalmente. Por onde começa a letra? Com o dedo imagino que nasce de cima para baixo. Encontro o fim e volto ao mesmo. Um desenho que nunca acaba. Como se o mundo fosse só essa curva que gosto. Redonda.

As cores conto-as aos pares. Viajo no espectro, encontro a matemática de cada elemento. Na unidade, procuro o par. Sustento. Reparto. Parto. Desenho que não se acaba, senão quando me canso.

Atravessa o cego com a bengala no ar - o buraco está no chão.
Trinta e seis justos Deus escolheu - sábios ignorantes a vaguear sem destino.
Redonda é a forma - vizinha do fim. Perfume doce em cada manhã.

Parto, reparto, sustento, respiro.
Encontra o cego a migalha de pão - largada no chão.
Do lado de fora, vejo a janela da minha casa. Embaciada.
Invento o começo - sem cor. Sem destino.

Read more...

  © Blogger templates ProBlogger Template by Ourblogtemplates.com 2008 | The Blog Full of Games

Back to TOP